Blog da Forlan DF

Como funciona o financiamento de automóveis?

Adquirir um veículo novo ou trocar de carro é um verdadeiro sonho de muitas pessoas. Algo que favorece muito para que esse desejo seja realizado é a possibilidade de financiar o carro, pagando parcelas que cabem no orçamento pessoal ou familiar do interessado.

O post de hoje esclarece o que é necessário compreender e quais cuidados devem ser tomados para que a conquista do seu bem, por meio de um financiamento de automóveis, seja realizada sem sustos. Confira!

Como funciona

O financiamento de veículos nada mais é do que um empréstimo que os bancos públicos ou privados fazem ao comprador, cobrando juros que variam de acordo com o agente financiador, categoria de cliente, quantidade de parcelas, entre outros fatores.

A modalidade mais comum de financiamento é o CDC (Crédito Direto ao Consumidor). Outra situação, menos comum mas também oferecida por muitos bancos, é o Leasing, que explicaremos nos tópicos a seguir.

Tipos de financiamento

No CDC (Crédito Direto ao Consumidor), o veículo é quitado pelo agente financiador, e mesmo enquanto você paga as parcelas, o bem pode ser colocado em seu nome. É importante ressaltar que o carro fica contratualmente alienado à financeira enquanto todas as prestações não forem quitadas.

O Leasing é outra opção de financiamento na qual o veículo fica “alugado” ao comprador enquanto as parcelas ainda estão sendo pagas — ou seja, o carro só passa para o nome do comprador após o financiamento. Em ambos os casos, não existem alterações nos valores das parcelas após fechado o contrato.

Pré-requisitos

O pré-requisito básico para que um financiamento seja aprovado, independentemente da modalidade, é que o nome do cliente não esteja nos cadastros de devedores de instituições como o Serasa ou o SPC.

Além disso, o interessado deverá comprovar uma renda em que 30% desta deve ser suficiente para pagar cada parcela. Lembrando que existem critérios subjetivos para a concessão do crédito que podem variar a cada instituição.

Vantagens do financiamento de automóveis

Financiar um veículo pode ser vantajoso não só pela facilidade que o cliente tem em dividir o valor do carro, tornando mais fácil pagar e adquirir o bem. Diferentemente do que acontece com os consórcios, no financiamento o comprador tem a possibilidade de sair com o automóvel da loja no mesmo dia da assinatura do contrato.

Você também pode dar uma entrada para diminuir o valor das prestações ou reduzir o tempo de financiamento.

Cuidados a serem tomados

Em qualquer tipo de contrato de financiamento de automóveis, é importantíssimo realizar uma análise minuciosa de todas as cláusulas. Dessa forma, você verifica se existem situações passíveis de causar algum prejuízo ou tornar o pagamento do seu carro demasiadamente oneroso.

É importante conferir também se a instituição financeira possui o devido cadastro no Banco Central, fato que garante a idoneidade e o compromisso do agente financiador.

Outra dica a ser levada em consideração é que o cliente realize simulações comparando o valor das prestações e dos juros entre diferentes bancos, certificando-se sobre a situação mais vantajosa para seu perfil.

E aí, já está mais seguro sobre os detalhes de um financiamento de automóveis? Para acompanhar mais dicas úteis como essa, curta nossa página no Facebook!