Blog da Forlan DF

Aprenda como cuidar do ar-condicionado do seu veículo

Item cada vez mais essencial nos carros de hoje em dia, mas que muitas vezes não recebe a atenção e o cuidado devidos, podendo se tornar mais prejudicial do que benéfico. Hoje iremos falar do ar-condicionado, de como tomar certos cuidados e medidas para manter o bom funcionamento do mesmo, garantindo maior vida útil. Além de como solucionar pequenos defeitos que ele possa estar apresentando e como economizar.

Quer aprender a cuidar do ar-condicionado do seu veículo? Confira abaixo a lista de dicas que separamos para ajudá-lo com essas tarefas!

Problemas que ocorrem que podem estar relacionados ao ar-condicionado

 

Motor morre ao ligar (ou pouco depois) o ar condicionado

Como se sabe, o ar-condicionado depende do motor para funcionar e, uma vez ligado, ele reduz a potência do motor, pois o compressor de ar demanda força. Normalmente, isso não é problema para um carro novo ou mesmo um carro mais antigo com a mecânica em dia.

Entretanto, se o seu motor possui algum problema, seja na injeção eletrônica, no motor ou mesmo esteja com a “borboleta” suja, a força que o compressor exige (em média 6hp) é o suficiente para fazer o carro morrer ao tirar o pé do acelerador. Infelizmente, existem vários possíveis diagnósticos para um carro que morre ao ligar o ar-condicionado.

Mas entre os primeiros problemas e as suas soluções, podemos considerar a limpeza da borboleta de aceleração, que pode estar reduzindo a quantidade de ar que é jogada dentro do motor. A limpeza da borda e do corpo da borboleta, o TBI, pode ser o suficiente para resolver o problema. Entretanto, o problema pode ser maior e mais grave, podendo se estender a uma falha eletrônica/eletromecânica, sendo necessário um “check-up” para descobrir a origem do problema.

Consumo se tornou mais elevado (do que o habitual) com o ar ligado

Muitas pessoas não sabem, mas um filtro de ar sujo ou entupido garante um passaporte ao posto de gasolina com mais frequência. O filtro precisa ser trocado periodicamente, do contrário, os ventiladores (que são movidos à eletricidade produzida pelo motor, que necessita de combustível para funcionar) não funcionam devidamente. Fazendo assim com que seja necessário aumentar a sua potência para garantir um mesmo efeito, o que inevitavelmente reduz a autonomia do veículo.

Limpeza adequada do ar-condicionado

No mercado, existem diversos serviços e produtos que prometem eliminar odores e matar fungos, entretanto isso não necessariamente irá tira-los de lá. Ou seja, algumas vezes se faz necessário desmontar o sistema para efetuar a sua limpeza por completo, para que sejam removidas todas as impurezas que lá se encontram, lembrando que estas podem vir a ser extremamente prejudiciais a sua saúde.

A troca do fluido refrigerante

Nos carros de hoje em dia não se faz necessária a troca do fluido refrigerante, pois este não estraga e nem perde a eficiência. Fazendo, assim, com que aparelhos de reciclagem tenham eficiência máxima.

Entretanto, ele se contamina e pode perder pressão devido a vazamentos e a falhas no sistema. Cuidado com o tipo de serviço que você irá buscar, pois caso você esteja tendo problemas com o fluido, trocá-lo não necessariamente será a solução, pois caso esteja tendo um vazamento, a troca garantirá apenas que você estará jogando seu dinheiro fora.

O ar-condicionado é um excelente conforto para os motoristas e, inclusive, um ótimo acessório de segurança (afinal, pode-se andar de vidros fechados em locais perigosos). Mas para que ele mantenha a sua eficiência, é necessário que se tome sempre os cuidados devidos.

Você já dava a devida atenção ao ar-condicionado do seu veículo? Comente abaixo nos contando as suas experiências e assine o nosso newsletter para se manter sempre atualizado!